O que te prende?


Você já usou essa frase em algum momento? Eu já. Várias! Normalmente quando criava uma rede social nova *saudades orkut* e tinha que preencher o perfil. Por mais que eu a tenha usado por pura preguiça, eu acredito muito no que ela quer dizer. O mundo é muito grande pra gente ser uma coisa só, e eu levo isso ao pé da letra no meu canal do youtube.
Hoje foi um daqueles dias de reflexão. Como eu vou dar continuidade aos conteúdos do canal? Pra quem não sabe, eu comecei a falar sobre militarismo e muita gente passou a me seguir por isso. Por isso, acaba rolando uma insegurança em relação ao tipo de conteúdo que eu quero fazer.
Essa insegurança me prende muito na hora de gravar um vídeo que fuja desse tema! Fico com um pouco de medo de não ter muita aceitação, dos inscritos não gostarem, e por aí vai. 

Mas se vocês soubessem das ideias que passam na minha cabeça e que não vão parar no canal, vocês me tacariam um tijolo hauauhauhau

Vai, pode gritar!
Sendo bem sincera, eu sou uma pessoa muito insegura. Tenho uns medos bobos que até eu fico com raiva!
Posso te contar um exercício que eu faço toda vez que olho as estatísticas dos vídeos (views, likes, dislikes...)? Eu já repito mentalmente antes de clicar no vídeo "ah, nem ligo se você não gostou e me deu deslike, não ligo mesmo", como se eu fosse receber uma chuva de "não gostei". Posso te contar outro segredo? Às vezes, eu faço esse exercício à toa, afinal, tem vídeo em que essas coisas não acontecem.
Acho que voltar com o blog é uma boa terapia para tratar dessas inseguranças.

Depois de desabafar, queria saber de vocês




Pode por pra fora e vamos nos libertar dessas coisas que nos impedem de ir adiante juntos <3

É sempre bom falar aqui! Até o próximo post!

Share:

0 comentários